terça-feira, 29 de janeiro de 2008

YUKI (Kikito)



Quem poderia imaginar
Que uma casa tão feliz
Inda podia se tornar
Um turbilhão num chafariz

Quem poderia apostar
Que o meu bloco afinal
Inda viria desfilar
E sacudir o carnaval

Você chegou me invadiu
e apertou tanto botão
desprogramou meu coração...

Você chegou nem me pediu
e batucou uma canção.
Quem “afinou” meu violão?



Um comentário:

Bruno disse...

show de bola Nélson, vc é o maior corujão, talentoso pra caramba, tenho certeza que um dia ele vai ler e vai se amarrar por isso, parabéns e viva o cavaco no ET.