quinta-feira, 18 de junho de 2015

ERRO DE MARCAÇÃO

Abre-se o pano e ao fundo um coração
Chorando em vão por quem já não lhe quer
E da penumbra surge o narrador
Outro cantor e uma bela mulher

O sofredor entoa uma canção
Cujo refrão descreve a tal Zezé
Rodopiando estão pelo salão
Quando então se ouve um evoé

E o narrador conta à parte
Que éramos ela e eu
E aconteceu um erro de marcação
Quando o casal perde a deixa
Num caco deste sofredor
Meu ex-amor volta ao meu coração

Nenhum comentário: