quarta-feira, 17 de março de 2010

O DOCE DA MINHA VIDA


O doce perguntou pro doce
Qual o doce mais doce que há
Quando eu interrompi o doce
Pra dizer que doce mais doce
Que o doce de batata doce
É o doce de filha mais doce
Que veio minha vida adoçar


Nara é um doce
Quem a conhece
Não pode negar
Educada, linda e carinhosa
Fala um pouco, espia tudo
Às vezes geniosa
Fica emburrada com o mundo
Pega seu cobertor de bolinha
Deita e dorme um pouquinho
Quando acorda vem de mansinho
Com jeito de me abraçar

Corre, brinca, salta,
Dança, pula e canta
Encanta toda platéia
Sorri quando é pra chorar
Se chora, eu faço de tudo
Se mimo, é sempre sem culpa
Pois nada merece mais mimo
Que a filha que vem me beijar

Quando meu doce adoece
O mundo desacelera
A casa perde alegria
A vida perde energia
O tempo parece parar
Para torcer por ela
Fica a Lua da janela
Espiando pra contar

E quando ela melhora

O sol desperta lá fora
As nuvens choram 
Ou vão logo embora
Pois é tempo de celebrar

Celebrar a vida
Que a vida é louca por ela
Que faltava algo na vida
Antes da vinda dela



5 comentários:

Claudia Costa disse...

Que doce de poema, se me permite o "plágio". Ela é tudo isso sim! Vcs estão de parabéns e nós com sorte de tê-los como amigos. Beijos em vcs e até domingo. Amanhã,ligaremos para a Narinha.

Beijocas. Cláudia.

Elika disse...

"Se chora eu faço de tudo"

Se chora, se ri... hum hummmm

Nara dobra esse pai em dez.

Ainda bem que tem um que é firme nessa casa...

... a Pati.

:-D

Adorei!Ela merece.

Beijos

Anônimo disse...

Pai nesse mundo não há pai melhor que você! Você faz de tudo! Você é incrível! Adoorei!

Pai, te amo muuuuito!!!
Beijos
Nara

Raquel disse...

Que doce deleite é ler essas palavras, amigo meu.
Realmente ela te inspira com o que há de melhor em seu ser.

Besitosss

Elika Takimoto disse...

"Pai, vc faz tudo! Pai, vc é incrível! Pai, sabe aquele álbum...? Pai,eu quero fazer dança! Pai, perdi meu estojo. Pai,o flamengo ganhou ontem? Pai, ...pai...pai..."

Nasceu sabendo dominar o mundo.

=)

Beijos